Como Instalar Uma Banheira Em Sua Casa?

Como instalar uma banheira

Antes de instalar uma banheira, é importante que um inspetor inspecione as vigas do piso para determinar se elas suportam o peso de uma banheira ou banheira cheia

Este artigo pressupõe que a antiga banheira foi removida anteriormente e os tubos de drenagem foram instalados na nova banheira.

Veja como instalar uma banheira:

Verifique se a banheira vem com uma armação de suporte. Se isso acontecer, instale o quadro de acordo com as instruções listadas no livro de instruções.

Instale as torneiras na banheira, se necessário. Se a torneira vier com uma arruela, coloque-a entre a banheira e a torneira. Se a banheira for de plástico, coloque uma placa de suporte embaixo das torneiras para reduzir a tensão.

Anexar conectores flexíveis para as torneiras com porcas e arruelas.

Coloque a banheira na posição dentro do quadro.

Certifique-se de que a banheira esteja paralela ao chão, usando um nível. Ajuste os pés da banheira ou insira os calços conforme necessário, até que a banheira esteja nivelada.

Conecte a extremidade livre de cada conector de torneira flexível ao tubo de água apropriado, se você instalou torneiras na banheira.

Ligue o tubo de drenagem da banheira ao cano da casa.


Ligue o fornecimento de água e verifique se há vazamentos nas juntas e nos tubos novos. Aperte quaisquer conexões soltas.

Encha a cuba para verificar vazamentos regulares e vazamentos no tubo de descarga. Aperte as conexões, se necessário.

Anexar qualquer painel de banheira de acordo com o livro de instruções.

Espere até que a banheira tenha sido usada pelo menos uma vez para permitir a acomodação antes de vedar a banheira e colocar as telhas.

Sele a área onde a cuba encontra a parede ou a telha com calafetagem de borracha de silicone

Entre em contato com a Desentupidora Haytec agora mesmo e solicite um orçamento.

Como Instalar Uma Banheira Em Sua Casa? Publicado primeiro em Desentupidora em Santos 24 Horas

Advertisements

Como Instalar Uma Banheira Em Sua Casa?

Como instalar uma banheira

Antes de instalar uma banheira, é importante que um inspetor inspecione as vigas do piso para determinar se elas suportam o peso de uma banheira ou banheira cheia

Este artigo pressupõe que a antiga banheira foi removida anteriormente e os tubos de drenagem foram instalados na nova banheira.

Veja como instalar uma banheira:

Verifique se a banheira vem com uma armação de suporte. Se isso acontecer, instale o quadro de acordo com as instruções listadas no livro de instruções.

Instale as torneiras na banheira, se necessário. Se a torneira vier com uma arruela, coloque-a entre a banheira e a torneira. Se a banheira for de plástico, coloque uma placa de suporte embaixo das torneiras para reduzir a tensão.

Anexar conectores flexíveis para as torneiras com porcas e arruelas.

Coloque a banheira na posição dentro do quadro.

Certifique-se de que a banheira esteja paralela ao chão, usando um nível. Ajuste os pés da banheira ou insira os calços conforme necessário, até que a banheira esteja nivelada.

Conecte a extremidade livre de cada conector de torneira flexível ao tubo de água apropriado, se você instalou torneiras na banheira.

Ligue o tubo de drenagem da banheira ao cano da casa.


Ligue o fornecimento de água e verifique se há vazamentos nas juntas e nos tubos novos. Aperte quaisquer conexões soltas.

Encha a cuba para verificar vazamentos regulares e vazamentos no tubo de descarga. Aperte as conexões, se necessário.

Anexar qualquer painel de banheira de acordo com o livro de instruções.

Espere até que a banheira tenha sido usada pelo menos uma vez para permitir a acomodação antes de vedar a banheira e colocar as telhas.

Sele a área onde a cuba encontra a parede ou a telha com calafetagem de borracha de silicone

Entre em contato com a Desentupidora Haytec agora mesmo e solicite um orçamento.

Como Instalar Uma Banheira Em Sua Casa? Publicado primeiro em Desentupidora em Santos 24 Horas

Como Instalar Uma Banheira Em Sua Casa?

Como instalar uma banheira

Antes de instalar uma banheira, é importante que um inspetor inspecione as vigas do piso para determinar se elas suportam o peso de uma banheira ou banheira cheia

Este artigo pressupõe que a antiga banheira foi removida anteriormente e os tubos de drenagem foram instalados na nova banheira.

Veja como instalar uma banheira:

Verifique se a banheira vem com uma armação de suporte. Se isso acontecer, instale o quadro de acordo com as instruções listadas no livro de instruções.

Instale as torneiras na banheira, se necessário. Se a torneira vier com uma arruela, coloque-a entre a banheira e a torneira. Se a banheira for de plástico, coloque uma placa de suporte embaixo das torneiras para reduzir a tensão.

Anexar conectores flexíveis para as torneiras com porcas e arruelas.

Coloque a banheira na posição dentro do quadro.

Certifique-se de que a banheira esteja paralela ao chão, usando um nível. Ajuste os pés da banheira ou insira os calços conforme necessário, até que a banheira esteja nivelada.

Conecte a extremidade livre de cada conector de torneira flexível ao tubo de água apropriado, se você instalou torneiras na banheira.

Ligue o tubo de drenagem da banheira ao cano da casa.


Ligue o fornecimento de água e verifique se há vazamentos nas juntas e nos tubos novos. Aperte quaisquer conexões soltas.

Encha a cuba para verificar vazamentos regulares e vazamentos no tubo de descarga. Aperte as conexões, se necessário.

Anexar qualquer painel de banheira de acordo com o livro de instruções.

Espere até que a banheira tenha sido usada pelo menos uma vez para permitir a acomodação antes de vedar a banheira e colocar as telhas.

Sele a área onde a cuba encontra a parede ou a telha com calafetagem de borracha de silicone

Entre em contato com a Desentupidora Haytec agora mesmo e solicite um orçamento.

Como Instalar Uma Banheira Em Sua Casa? Publicado primeiro em https://pedreirovitorpinto.home.blog/

Como instalar um sistema de câmeras de segurança para uma casa

A idéia de fazer furos nas paredes de sua casa para executar cabos de vídeo e de alimentação para um sistema de câmeras de segurança pode parecer assustadora, mas muitos sistemas de segurança vêm em pacotes incluídos que facilitam a configuração do seu sistema de vigilância. Continue lendo para obter orientação sobre como comprar e instalar seu próprio sistema de câmera doméstico.

Método1

Preparando sua casa

  1. Instalar um sistema de câmera de segurança para uma casa Passo 1
    1

    Faça um diagrama das suas necessidades de vigilância. É caro e ineficiente monitorar cada centímetro quadrado de sua casa, portanto, você precisa priorizar as áreas que deseja assistir mais. Elabore um diagrama da sua casa ou imprima as plantas e anote onde você pode colocar as câmeras. Quando terminar, verifique cada local para se certificar de que não está bloqueado por nada e oferece a melhor visualização possível. Você pode querer câmeras para:

    • Portas dianteiras e traseiras.
    • Janelas Off-Street
    • Grandes espaços comuns (cozinha, sala de estar etc.)
    • Entradas
    • Alpendres
    • Escadas [1]
  2. Instalar um sistema de câmera de segurança para uma casa Passo 2
    2

    Compre o pacote certo para atender às suas necessidades. Você pode comprar cada peça individualmente, mas geralmente é mais barato e mais fácil comprar sistemas de segurança agrupados. No mínimo, o sistema deve ter de 1 a 3 câmeras, um DVR (gravador de vídeo digital), cabeamento adequado (cabos siameses e BNC) e cabos de alimentação. A menos que você esteja optando por monitorar uma área grande, as câmeras sem fio com montagem na parede devem atender às suas necessidades.

    • Basic Home Security: Obtenha um pacote com 2-3 câmeras externas (para monitorar portas) e um DVR com pelo menos 3 dias de tempo de gravação.
    • Monitoramento de objetos de valor / crianças pequenas : 1-3 câmeras sem fio internas podem cobrir uma sala pequena de forma eficaz e transmitir a metragem diretamente para o seu computador.
  3. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 3
    3

    Como alternativa, compre suas câmeras individualmente. Depois de saber quantas câmeras você precisa, será necessário pensar em quais câmeras específicas você deseja. Um sistema de vigilância residencial pode custar de algumas centenas de dólares a mais de mil, portanto, considere o tipo de câmera que você precisa antes de comprar – os recursos abaixo devem estar claramente identificados na caixa. Embora você possa comprar todas as peças separadamente, comprar um “conjunto de vigilância” completo é geralmente mais barato e fácil de instalar.

    • Sem fio x com fio: as câmeras sem fio são fáceis de configurar sem perfurar ou passar cabos pela casa, mas a qualidade pode ser menor do que a do receptor. Se você estiver cobrindo uma área grande, vá com fio, mas a maioria das casas acha que o processo de configuração é mais fácil.
    • Interior ou Exterior: Câmeras que não são feitas para serem colocadas do lado de fora quebram rapidamente quando expostas à chuva e à umidade, por isso, certifique-se de escolher de acordo.
    • Detecção de movimento: algumas câmeras só gravam quando notam movimento, economizando muito espaço e energia enquanto capturam imagens apenas quando alguém está na sala.
    • Visualização Remota: Muitas câmeras de última geração oferecem a capacidade de transmitir suas imagens para seu telefone ou laptop em qualquer lugar do mundo, possibilitando o check-out de sua casa por meio de um programa ou aplicativo fornecido. [2]
  4. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 4
    4

    Configure um dispositivo de gravação e monitore. Para armazenar e visualizar suas imagens, você precisa de um gravador de vídeo digital (DVR). Este dispositivo recebe todos os feeds de vídeo e os transmite para um monitor, geralmente uma tela de computador ou uma pequena TV. Os DVRs têm uma variedade de capacidades de memória que lhes permitem armazenar uma certa quantidade de vídeo, de centenas de horas a um dia de gravação.

    • Se você comprar um conjunto de vigilância completo, o DVR é geralmente incluído com a câmera.
    • Gravadores de vídeo em rede (NVR) e gravadores analógicos (VCRs), também disponíveis para compra, funcionam da mesma maneira que um DVR, usando um sinal de internet (NVR) ou fitas virgens (VCR) para gravar em vez de um disco rígido digital. As seguintes dicas de instalação funcionarão aqui também.
  5. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 5
    5

    Teste seu equipamento antes de instalar. Certifique-se de que seus cabos, DVR, câmeras e monitores funcionem, conectando cada um deles antes de instalar qualquer coisa. [3]
Método2

Instalando uma Câmera

  1. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 6
    1

    Escolha um ângulo alto e amplo para a sua câmera. O melhor ângulo de qualquer sala é geralmente olhando para baixo do canto onde o teto encontra as paredes. Certifique-se de que consegue ver claramente todas as entradas e saídas e que a câmera está perto de uma tomada elétrica.

    • Se você estiver montando uma câmera do lado de fora, coloque-a acima de 10 pés para que ela não possa ser facilmente derrubada. [4]
  2. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 7
    2

    Monte sua câmera na parede. Algumas câmeras vêm com almofadas adesivas para aderir a câmera à parede, mas enroscar sua câmera é a maneira mais segura de montar suas câmeras a longo prazo. Embora todas as câmeras sejam diferentes, a maioria delas pode ser montada da mesma maneira:

    • Coloque a montagem no local desejado.
    • Usando um sharpie, faça marcas na parede onde cada parafuso deve ir.
    • Faça um furo para cada parafuso usando uma furadeira elétrica
    • Martelo em qualquer pino de moldagem.
    • Aparafuse o suporte na parede.
    • Posicione a câmera no ângulo desejado. [5]
  3. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 8
    3

    Conecte sua câmera a uma fonte de energia. Quase todas as câmeras vêm com um adaptador de energia que se conecta a uma tomada normal. Conecte a extremidade pequena e redonda na entrada de energia na parte de trás da câmera e conecte a outra extremidade na tomada.

    • Se o seu adaptador de energia estiver ausente ou quebrado, entre em contato com o fabricante.
  4. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 9
    4

    Conecte uma câmera com fio ao seu DVR. O equipamento de vigilância é conectado usando uma conexão BNC (Bayonet Neill – Concelman). Os cabos BNC são simples de usar – são idênticos em ambos os lados e você simplesmente os conecta na porta apropriada, girando uma pequena porca na extremidade para travá-la no lugar. Conecte uma extremidade à “Saída” da sua câmera e a outra a uma das portas “Entrada” do DVR.

    • Observe em qual entrada você está conectado – esta é a entrada para a qual seu DVR deve estar ajustado para visualizar o vídeo da sua câmera.
    • Se o seu cabo não tiver uma conexão BNC, você pode comprar um adaptador BNC simples on-line ou em uma loja de hardware. Isso vai escorregar para o final do seu cabo para torná-lo compatível com BNC. [6]
  5. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 10
    5

    Conecte câmeras sem fio ao seu computador. As câmeras sem fio virão com um disco de software que você precisa instalar para visualizar seus feeds. Siga as instruções na tela para acessar suas câmeras. [7]

    • Algumas câmeras têm um pequeno receptor que se conecta ao seu computador através de uma porta USB. Certifique-se de que esteja corretamente conectado.
    • Anote o endereço IP da sua câmera (ex. 192.168.0.5), se fornecido – esse número pode ser digitado em qualquer navegador da Web para visualizar sua câmera remotamente.
  6. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 11
    6

    Conecte o monitor ao DVR. Esta conexão freqüentemente usa um cabo BNC, mas alguns DVRs podem ser conectados com cabos HDMI ou coaxiais. Usando sua conexão preferida, conecte uma extremidade à porta “Saída” do DVR e a outra à “Entrada” do monitor.

    • Você pode conectar tantas câmeras quanto seu DVR tiver entradas – ele irá gravar automaticamente todas as câmeras que você instalar.
    • Observe em qual entrada você se conectou – esta é a entrada que você precisa escolher para ver suas câmeras.
  7. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 12
    7

    Solucione problemas de conexão. Verifique se a câmera, o DVR e o monitor estão conectados a uma fonte de alimentação e ligados. Verifique se os cabos estão bem conectados e se você selecionou as entradas corretas para o seu DVR e monitor. Alguns monitores exibem todas as câmeras ao mesmo tempo, outros têm botões de “entrada” que permitem alternar entre as câmeras.

Método3

Consolidando seu Sistema de Vigilância

  1. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 13
    1

    Crie um “hub de vigilância” central. Quando você estiver conectando muitas câmeras ao mesmo tempo, você precisará de um lugar simples para reunir todos os feeds em seu DVR. Este deve ser um local de fácil acesso e onde você pode confortavelmente usar fios de qualquer lugar da casa. Sótãos, escritórios e seu roteador de internet, todos fazem bons lugares para basear seu sistema de vigilância.

    • Você só precisa de um DVR para todas as suas câmeras.
  2. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 14
    2

    Use cabos siameses para conectar seu sistema de maneira eficaz. O cabo de vigilância mais comum é um cabo siamês, nomeado porque consiste em dois cabos conectados juntos. Um é para poder e o outro é para vídeo. Isso significa que você só precisará passar um fio pela casa para configurar cada câmera. O cabo é geralmente vendido como RG59 ou RG6. [8]

    • O lado vermelho e preto trançado é para poder. Vermelho é positivo e preto é negativo.
    • O singular cabo cilíndrico é para vídeo. Cada extremidade terá um acessório BNC ou um cabo coaxial.
  3. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 15
    3

    Use uma caixa de fonte de alimentação para alimentar várias câmeras através de uma tomada. As caixas de energia, disponíveis on-line e em lojas de hardware por US $ 30 a US $ 50, permitem que você alimente suas câmeras por meio de uma única tomada de parede. Eles vêm com várias portas e são ótimos para alimentar câmeras próximas ou câmeras que não estão perto de uma tomada, como câmeras de sótão. No entanto, você precisará executar longas quantidades de fio para conectar cada câmera à mesma caixa.

    • Sempre conecte as câmeras antes de ligar a caixa à eletricidade.
    • Certifique-se de comprar uma caixa de alimentação grande o suficiente para alimentar cada uma de suas câmeras. Eles devem listar quantas tomadas eles suportam na caixa.
  4. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 16
    4

    Conecte cada cabo de vídeo a uma porta DVR separada. Seu DVR pode manipular várias câmeras ao mesmo tempo, permitindo que você grave todos os cômodos da casa com apenas uma caixa. Seu monitor exibirá todas as câmeras, ou você terá que passar por elas usando o botão “input” no seu DVR.
  5. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 17
    5

    Esconda seus fios. Para ter um sistema realmente profissional, você pode passar seus cabos pelas paredes e em direção ao seu hub de vigilância. Certifique-se de conhecer o layout de suas paredes e a localização de quaisquer canos, cabos ou pinos quando começar a usar cabos. A execução de cabos requer que você faça um furo na parede e, em seguida, passe o cabo pelas paredes até o seu DVR através de espaços abertos em sua casa, geralmente no sótão.

    • Se você não estiver confortável em perfurar suas paredes e passar cabos, chame um carpinteiro profissional ou um faz-tudo para cuidar dos cabos.
    • Você também pode prender cabos às paredes ou rodapés usando uma pistola de grampo.
    • Considere esconder cabos sob tapetes, mas prenda-os para que ninguém acidentalmente tropeça.
  6. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 18
    6

    Como alternativa, chame especialistas em segurança doméstica para configurar um sistema personalizado. Existem muitas empresas de segurança doméstica que instalam câmeras, sensores de movimento e chamadas de emergência automáticas para você, embora elas custem muito mais do que uma típica instalação DIY. No entanto, se você tiver uma casa grande, se sentir desconfortável com a fiação ou quiser recursos extras, como sensores de movimento e sistemas de alarme, ligue para uma empresa de segurança perto de você.

    • ADT, LifeShield, Vivint e SafeShield são fornecedores nacionais de sistemas de segurança doméstica maiores.

O post Como instalar um sistema de câmeras de segurança para uma casa apareceu primeiro em PROEEL.

Como instalar um sistema de câmeras de segurança para uma casa Publicado primeiro em Proeel

Como instalar um sistema de câmeras de segurança para uma casa

A idéia de fazer furos nas paredes de sua casa para executar cabos de vídeo e de alimentação para um sistema de câmeras de segurança pode parecer assustadora, mas muitos sistemas de segurança vêm em pacotes incluídos que facilitam a configuração do seu sistema de vigilância. Continue lendo para obter orientação sobre como comprar e instalar seu próprio sistema de câmera doméstico.

Método1

Preparando sua casa

  1. Instalar um sistema de câmera de segurança para uma casa Passo 1
    1

    Faça um diagrama das suas necessidades de vigilância. É caro e ineficiente monitorar cada centímetro quadrado de sua casa, portanto, você precisa priorizar as áreas que deseja assistir mais. Elabore um diagrama da sua casa ou imprima as plantas e anote onde você pode colocar as câmeras. Quando terminar, verifique cada local para se certificar de que não está bloqueado por nada e oferece a melhor visualização possível. Você pode querer câmeras para:

    • Portas dianteiras e traseiras.
    • Janelas Off-Street
    • Grandes espaços comuns (cozinha, sala de estar etc.)
    • Entradas
    • Alpendres
    • Escadas [1]
  2. Instalar um sistema de câmera de segurança para uma casa Passo 2
    2

    Compre o pacote certo para atender às suas necessidades. Você pode comprar cada peça individualmente, mas geralmente é mais barato e mais fácil comprar sistemas de segurança agrupados. No mínimo, o sistema deve ter de 1 a 3 câmeras, um DVR (gravador de vídeo digital), cabeamento adequado (cabos siameses e BNC) e cabos de alimentação. A menos que você esteja optando por monitorar uma área grande, as câmeras sem fio com montagem na parede devem atender às suas necessidades.

    • Basic Home Security: Obtenha um pacote com 2-3 câmeras externas (para monitorar portas) e um DVR com pelo menos 3 dias de tempo de gravação.
    • Monitoramento de objetos de valor / crianças pequenas : 1-3 câmeras sem fio internas podem cobrir uma sala pequena de forma eficaz e transmitir a metragem diretamente para o seu computador.
  3. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 3
    3

    Como alternativa, compre suas câmeras individualmente. Depois de saber quantas câmeras você precisa, será necessário pensar em quais câmeras específicas você deseja. Um sistema de vigilância residencial pode custar de algumas centenas de dólares a mais de mil, portanto, considere o tipo de câmera que você precisa antes de comprar – os recursos abaixo devem estar claramente identificados na caixa. Embora você possa comprar todas as peças separadamente, comprar um “conjunto de vigilância” completo é geralmente mais barato e fácil de instalar.

    • Sem fio x com fio: as câmeras sem fio são fáceis de configurar sem perfurar ou passar cabos pela casa, mas a qualidade pode ser menor do que a do receptor. Se você estiver cobrindo uma área grande, vá com fio, mas a maioria das casas acha que o processo de configuração é mais fácil.
    • Interior ou Exterior: Câmeras que não são feitas para serem colocadas do lado de fora quebram rapidamente quando expostas à chuva e à umidade, por isso, certifique-se de escolher de acordo.
    • Detecção de movimento: algumas câmeras só gravam quando notam movimento, economizando muito espaço e energia enquanto capturam imagens apenas quando alguém está na sala.
    • Visualização Remota: Muitas câmeras de última geração oferecem a capacidade de transmitir suas imagens para seu telefone ou laptop em qualquer lugar do mundo, possibilitando o check-out de sua casa por meio de um programa ou aplicativo fornecido. [2]
  4. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 4
    4

    Configure um dispositivo de gravação e monitore. Para armazenar e visualizar suas imagens, você precisa de um gravador de vídeo digital (DVR). Este dispositivo recebe todos os feeds de vídeo e os transmite para um monitor, geralmente uma tela de computador ou uma pequena TV. Os DVRs têm uma variedade de capacidades de memória que lhes permitem armazenar uma certa quantidade de vídeo, de centenas de horas a um dia de gravação.

    • Se você comprar um conjunto de vigilância completo, o DVR é geralmente incluído com a câmera.
    • Gravadores de vídeo em rede (NVR) e gravadores analógicos (VCRs), também disponíveis para compra, funcionam da mesma maneira que um DVR, usando um sinal de internet (NVR) ou fitas virgens (VCR) para gravar em vez de um disco rígido digital. As seguintes dicas de instalação funcionarão aqui também.
  5. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 5
    5

    Teste seu equipamento antes de instalar. Certifique-se de que seus cabos, DVR, câmeras e monitores funcionem, conectando cada um deles antes de instalar qualquer coisa. [3]
Método2

Instalando uma Câmera

  1. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 6
    1

    Escolha um ângulo alto e amplo para a sua câmera. O melhor ângulo de qualquer sala é geralmente olhando para baixo do canto onde o teto encontra as paredes. Certifique-se de que consegue ver claramente todas as entradas e saídas e que a câmera está perto de uma tomada elétrica.

    • Se você estiver montando uma câmera do lado de fora, coloque-a acima de 10 pés para que ela não possa ser facilmente derrubada. [4]
  2. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 7
    2

    Monte sua câmera na parede. Algumas câmeras vêm com almofadas adesivas para aderir a câmera à parede, mas enroscar sua câmera é a maneira mais segura de montar suas câmeras a longo prazo. Embora todas as câmeras sejam diferentes, a maioria delas pode ser montada da mesma maneira:

    • Coloque a montagem no local desejado.
    • Usando um sharpie, faça marcas na parede onde cada parafuso deve ir.
    • Faça um furo para cada parafuso usando uma furadeira elétrica
    • Martelo em qualquer pino de moldagem.
    • Aparafuse o suporte na parede.
    • Posicione a câmera no ângulo desejado. [5]
  3. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 8
    3

    Conecte sua câmera a uma fonte de energia. Quase todas as câmeras vêm com um adaptador de energia que se conecta a uma tomada normal. Conecte a extremidade pequena e redonda na entrada de energia na parte de trás da câmera e conecte a outra extremidade na tomada.

    • Se o seu adaptador de energia estiver ausente ou quebrado, entre em contato com o fabricante.
  4. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 9
    4

    Conecte uma câmera com fio ao seu DVR. O equipamento de vigilância é conectado usando uma conexão BNC (Bayonet Neill – Concelman). Os cabos BNC são simples de usar – são idênticos em ambos os lados e você simplesmente os conecta na porta apropriada, girando uma pequena porca na extremidade para travá-la no lugar. Conecte uma extremidade à “Saída” da sua câmera e a outra a uma das portas “Entrada” do DVR.

    • Observe em qual entrada você está conectado – esta é a entrada para a qual seu DVR deve estar ajustado para visualizar o vídeo da sua câmera.
    • Se o seu cabo não tiver uma conexão BNC, você pode comprar um adaptador BNC simples on-line ou em uma loja de hardware. Isso vai escorregar para o final do seu cabo para torná-lo compatível com BNC. [6]
  5. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 10
    5

    Conecte câmeras sem fio ao seu computador. As câmeras sem fio virão com um disco de software que você precisa instalar para visualizar seus feeds. Siga as instruções na tela para acessar suas câmeras. [7]

    • Algumas câmeras têm um pequeno receptor que se conecta ao seu computador através de uma porta USB. Certifique-se de que esteja corretamente conectado.
    • Anote o endereço IP da sua câmera (ex. 192.168.0.5), se fornecido – esse número pode ser digitado em qualquer navegador da Web para visualizar sua câmera remotamente.
  6. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 11
    6

    Conecte o monitor ao DVR. Esta conexão freqüentemente usa um cabo BNC, mas alguns DVRs podem ser conectados com cabos HDMI ou coaxiais. Usando sua conexão preferida, conecte uma extremidade à porta “Saída” do DVR e a outra à “Entrada” do monitor.

    • Você pode conectar tantas câmeras quanto seu DVR tiver entradas – ele irá gravar automaticamente todas as câmeras que você instalar.
    • Observe em qual entrada você se conectou – esta é a entrada que você precisa escolher para ver suas câmeras.
  7. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 12
    7

    Solucione problemas de conexão. Verifique se a câmera, o DVR e o monitor estão conectados a uma fonte de alimentação e ligados. Verifique se os cabos estão bem conectados e se você selecionou as entradas corretas para o seu DVR e monitor. Alguns monitores exibem todas as câmeras ao mesmo tempo, outros têm botões de “entrada” que permitem alternar entre as câmeras.

Método3

Consolidando seu Sistema de Vigilância

  1. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 13
    1

    Crie um “hub de vigilância” central. Quando você estiver conectando muitas câmeras ao mesmo tempo, você precisará de um lugar simples para reunir todos os feeds em seu DVR. Este deve ser um local de fácil acesso e onde você pode confortavelmente usar fios de qualquer lugar da casa. Sótãos, escritórios e seu roteador de internet, todos fazem bons lugares para basear seu sistema de vigilância.

    • Você só precisa de um DVR para todas as suas câmeras.
  2. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 14
    2

    Use cabos siameses para conectar seu sistema de maneira eficaz. O cabo de vigilância mais comum é um cabo siamês, nomeado porque consiste em dois cabos conectados juntos. Um é para poder e o outro é para vídeo. Isso significa que você só precisará passar um fio pela casa para configurar cada câmera. O cabo é geralmente vendido como RG59 ou RG6. [8]

    • O lado vermelho e preto trançado é para poder. Vermelho é positivo e preto é negativo.
    • O singular cabo cilíndrico é para vídeo. Cada extremidade terá um acessório BNC ou um cabo coaxial.
  3. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 15
    3

    Use uma caixa de fonte de alimentação para alimentar várias câmeras através de uma tomada. As caixas de energia, disponíveis on-line e em lojas de hardware por US $ 30 a US $ 50, permitem que você alimente suas câmeras por meio de uma única tomada de parede. Eles vêm com várias portas e são ótimos para alimentar câmeras próximas ou câmeras que não estão perto de uma tomada, como câmeras de sótão. No entanto, você precisará executar longas quantidades de fio para conectar cada câmera à mesma caixa.

    • Sempre conecte as câmeras antes de ligar a caixa à eletricidade.
    • Certifique-se de comprar uma caixa de alimentação grande o suficiente para alimentar cada uma de suas câmeras. Eles devem listar quantas tomadas eles suportam na caixa.
  4. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 16
    4

    Conecte cada cabo de vídeo a uma porta DVR separada. Seu DVR pode manipular várias câmeras ao mesmo tempo, permitindo que você grave todos os cômodos da casa com apenas uma caixa. Seu monitor exibirá todas as câmeras, ou você terá que passar por elas usando o botão “input” no seu DVR.
  5. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 17
    5

    Esconda seus fios. Para ter um sistema realmente profissional, você pode passar seus cabos pelas paredes e em direção ao seu hub de vigilância. Certifique-se de conhecer o layout de suas paredes e a localização de quaisquer canos, cabos ou pinos quando começar a usar cabos. A execução de cabos requer que você faça um furo na parede e, em seguida, passe o cabo pelas paredes até o seu DVR através de espaços abertos em sua casa, geralmente no sótão.

    • Se você não estiver confortável em perfurar suas paredes e passar cabos, chame um carpinteiro profissional ou um faz-tudo para cuidar dos cabos.
    • Você também pode prender cabos às paredes ou rodapés usando uma pistola de grampo.
    • Considere esconder cabos sob tapetes, mas prenda-os para que ninguém acidentalmente tropeça.
  6. Image titled Install a Security Camera System for a House Step 18
    6

    Como alternativa, chame especialistas em segurança doméstica para configurar um sistema personalizado. Existem muitas empresas de segurança doméstica que instalam câmeras, sensores de movimento e chamadas de emergência automáticas para você, embora elas custem muito mais do que uma típica instalação DIY. No entanto, se você tiver uma casa grande, se sentir desconfortável com a fiação ou quiser recursos extras, como sensores de movimento e sistemas de alarme, ligue para uma empresa de segurança perto de você.

    • ADT, LifeShield, Vivint e SafeShield são fornecedores nacionais de sistemas de segurança doméstica maiores.

O post Como instalar um sistema de câmeras de segurança para uma casa apareceu primeiro em PROEEL.

Como instalar um sistema de câmeras de segurança para uma casa Publicado primeiro em Proeel

Quarto do bebê: dicas para montar um espaço funcional e seguro

O quarto do bebê vira o centro das atenções da casa, quando se descobre que a família vai ganhar mais um integrante. Montar esse espaço é uma atividade que traz grandes alegrias para os pais, que estão ansiosos pela chegada do filho. Mas essa é uma tarefa que exige planejamento e dedicação.

A primeira coisa que temos em mente na hora de montar o quarto do bebê é que ele seja lindo e alegre. Porém, tão importante quanto isso é que ele seja funcional e seguro. Esse também será um espaço dos pais, que irão usar o ambiente, a maior parte do tempo, para cuidar do bebê.

Além disso, bebês crescem muito rápido. Em pouco tempo, o berço dará lugar a uma caminha, a poltrona de amamentação dará lugar à caixa de brinquedos, aos materiais escolares etc. Por isso, é vantajoso considerar essas mudanças desde o planejamento do quarto.

Reformando o quarto do bebê: planejamento

O ideal é que você comece a reforma o quanto antes. O cômodo deve estar pronto até o sétimo mês da gestação, assim você evita que o bebê tenha contato com cheiro de tinta e pó.

Também é importante lembrar que as lojas de móveis levam de 30 a 40 dias para entrega. Tenha esse prazo em mente para evitar imprevistos e atrasos. Você vai querer o quarto completo quando seu bebê chegar.

Quarto de bebê

Uma dica para agilizar esse processo é fazer uma check list do que precisa ser mudado no quarto para receber o seu bebê. Precisa trocar piso, janela, porta? A paredes precisam de pintura? Quais profissionais vou precisar contratar? Posso aproveitar os móveis que já tenho, ou preciso comprar algo novo?

Tendo todas essas informações em mão, fica bem mais fácil agilizar a reforma.

Pisos e Paredes

O piso pode ser uma armadilha, causando quedas, juntando pó e dificultando a limpeza. Por isso, escolha pisos que tenham as seguintes características:

  • macio;
  • antiderrapante;
  • antialérgico;
  • térmico;
  • fácil de limpar.

Uma sugestão que reúne todas essas carcterísticas é o piso vinílico. Ele tem uma grande variedade de estampas, para combinar com qualquer estilo de decoração.

Falando em decoração, na hora de escolher as cores, opte por tons mais neutros. Além de serem menos incômodas para o bebê, vão tornar mais fácil a adaptação do quarto no futuro.

Móveis

Escolha móveis que respeitem o espaço disponível sem comprometer a circulação. Dispor esse móveis colados à parede também ajuda nesse sentido.

Além disso, eles devem ser móveis multiuso, de fácil manutenção e que possam ser usados no futuro. Existem opções de móveis que podem ser adaptados para diversos usos. Móveis que abriguem gavetas também ajudam a manter tudo organizado a todo tempo.

Tudo isso vai te ajudar a aproveitar melhor o espaço. Inclusive, evita que você descarte toda a mobília quando a criança for maior.

 

Quanto à disposição dos móveis (e objetos), é importante lembrar que o quarto deve ser funcional para os pais. É ali que irão amamentar o bebê, fazer as trocas de fralda, de roupa. Algumas dicas podem facilitar essas tarefas:

  • móveis na altura certa para a troca;
  • cômoda e cestos de roupa próximos ao trocador;
  • cadeira de amamentação do lado contrário ao da porta (evitando fachos de luz e correntes de ar durante a amamentação);
  • roupas separadas por tamanho;
  • itens da troca de fralda na parede, próximos ao trocador.

Quarto do bebê 

Segurança e saúde

Com criança em casa, a preocupação com a segurança deve ser dobrada. Confira alguns pontos que devem ser observados:

  • os móveis devem ser ergonômicos e com certificado de segurança;
  • o berço não pode estar muito próximo da janela, ou exposto a correntes de ar, e deve seguir as normas de segurança (saiba mais no site do Inmetro);
  • escolha cortinas fáceis de lavar, que evitem o acúmulo de pó, como as de algodão;
  • tapetes devem ser antialérgicos, antiderrapantes, de preferência de fibra sintética (como nylon, polipropileno e poliéster).

Tem mais alguma dica de como montar o quarto do bebê? Conte para a gente! E não deixe de seguir o Amigo Construtor no Facebook!

Créditos das Imagens: Pinterest

The post Quarto do bebê: dicas para montar um espaço funcional e seguro appeared first on Portal Amigo Construtor.

Quarto do bebê: dicas para montar um espaço funcional e seguro Publicado primeiro em https://www.amigoconstrutor.com.br

4 etapas para criar uma identidade de marca duradoura

Estamos todos familiarizados com slogans como “Just Do It”, “Live Más” (espanhol para “mais”) e “Because You Worth It”. Esses slogans se tornaram sinônimos das marcas que representam, por isso é natural que pequenos empresários associariam a noção de marca apenas a grandes corporações.

Isso não poderia estar mais longe da verdade.

Relacionado:  5 dicas para construir uma forte identidade de marca

O branding também deve ser uma prioridade para os pequenos empresários, apesar de ser uma das coisas mais difíceis de resolver. De acordo com o Bureau of Labor Statistics dos EUA , metade das pequenas empresas fecha suas portas dentro de cinco anos do lançamento. E uma das causas pode ser a percepção de que o branding é muito “difícil” para os fundadores dedicarem tempo e poder do cérebro.

Correndo o risco de afirmar o óbvio, isso é um grande erro. 

Por que a marca é tão importante?

A resposta é que representa quem você é e qual é a sua empresa. Representa quem você quer ser e seus valores e princípios fundamentais. Os princípios que você define para sua marca devem ser seu guia, e comprometê-los significa que você não confia em sua própria marca.

Se você não confia em sua marca, como os clientes devem confiar em você? Em meu livro Running the Gauntlet , escrevi: “Princípios significam algo apenas quando são inconvenientes. Como um pequeno empresário, você deve se preparar para viver sua promessa de marca nos bons e maus momentos. ”

A mudança é uma constante nos negócios e alguém sempre tentará rivalizar com os serviços que você oferece; outros podem tentar copiar (ou roubar) seu conceito, logotipo e ativos. Mas a única coisa que ninguém pode copiar? A tua marca.

Aqui estão quatro dicas para desenvolver uma identidade de marca duradoura:

1. Encontre o seu propósito.

Uma marca não é nada além de uma promessa entregue; Portanto, construir uma marca tem que ser o núcleo da sua empresa. O objetivo da sua marca é responder ao “porquê”. Por que você importa e porque você existe? Por que você começou seu negócio?

Eu viajo por todo o país dando palestras e, depois, sou abordado por empresários pedindo conselhos sobre como ser bem-sucedido. Eu pergunto a eles: “Por que você quer se tornar um empreendedor?” Uma das respostas padrão que ouço é: “Porque eu quero ganhar dinheiro”.

Nada está errado com isso; Adoro ganhar dinheiro também, mas isso não pode ser o único objetivo do fundador. Neste mundo super competitivo, sua marca precisa encontrar a única coisa que a torna diferente.

Como um pequeno empresário, você não precisa de um propósito que vá mudar o mundo. Por exemplo: Se você tem um pequeno restaurante que serve um tipo de comida semelhante ao restaurante duas portas abaixo, mas você usa produtos cultivados localmente para alimentar seus fregueses, esse será seu cartão de visitas.

Seu propósito? Ajudar os agricultores locais e ajudar a comunidade local. Os clientes sabem que você está procurando causar impacto e recompensá-lo com sua lealdade.  

2.  Encontre sua voz.

Sua marca é peculiar? Diversão? Aventureiro? Dar uma característica de marca normalmente associada a seres humanos é uma maneira de garantir que as pessoas se identifiquem com ela e que todos os seus funcionários (ou você) possam comunicá-la com facilidade.

Veja a Richard Branson e a marca Virgin. Ele incorpora todas as características da marca: ousado, ousado, divertido e aventureiro. É assim que ele descreve sua marca para quem pede. Basicamente, esse é o seu “118” ali mesmo.

O que é um “118”? você pergunta. Deixe-me explicar. Cento e dezoito é o número de segundos que você realmente tem que arremessar – oito segundos para prender pessoas e não mais que 100 segundos para enrolar eles. Você deve ser capaz de dizer às pessoas em frases curtas, ou 118 segundos, o que você marca é sobre.

No começo, esse argumento ajuda você a criar frases-chave ou descrições e uma lista de verificação de pontos de contato e usá-los como suportes de dados ao interagir com os clientes. Abrir e fechar com um forte ponto de contato deixa uma impressão duradoura no cliente e ajuda a evitar o descarrilamento de sua mensagem.

Se as pessoas estão tentando fazer com que eu compre alguma coisa e elas se lançam em centenas de razões pelas quais eu deveria fazer isso, não estou interessado, não importa quão grande seja o produto. Eu não tenho tempo para ficar lá ouvindo um discurso de vendas. Então, tire uma lição aqui: não papagueie as virtudes da sua marca; vivê-los.

E seja breve, conciso e direto ao ponto: se os clientes sentirem e entenderem sua paixão, eles entenderão o que a marca está tentando transmitir.

3. Torne a b alegria e simplicidade seus melhores amigos.

É tentador pensar na multiplicidade de coisas que tornam sua marca excelente; portanto, pode ser esmagador tentar simplificar o que transmitir ao público. A chave aqui é: a simplicidade é melhor. As marcas de maior sucesso possuem as marcas mais simples. Por exemplo, a Coca-Cola não mudou seu logotipo desde o 19 º século. A empresa pode ter mudado de cor e estilo, mas é só isso.

Todos nós estamos familiarizados com a marca, quer bebamos ou não.

Manter as coisas simples aumenta o reconhecimento da marca e pode ajudar a criar uma conexão emocional, transformando os clientes em seguidores da marca. Além disso, evite ser vago com sua mensagem. É uma armadilha que muitas pessoas entram – se a sua mensagem não diz nada sobre sua marca, sua empresa se torna esquecível. Clichés também são um não-não. Eles fazem sua marca parecer preguiçosa e despreparada.

É tentador usar linguagem vaga para se sentir “seguro”, mas faz com que os clientes pensem que você está escondendo algo deles. Não tenha medo de ofender alguém; Seja honesto. Com todas as mudanças ocorrendo na sociedade – cultural, política e economicamente – mais consumidores estão procurando por marcas que se alinham com suas crenças.

Minha marca pessoal envolve o uso de jeans e botas de cowboy. Não importa o quão “extravagante” seja o evento. Acrescente a isso os padrões muito altos que eu uso dentro de minhas jaquetas. Essa é a minha marca: ousada, ousada, simples.

4.  Faça-os trabalhar para você.

Evangelizar sua marca já faz parte do seu trabalho e do de seus funcionários. É seu trabalho dizer aos seus clientes por que você é ótimo e por que eles deveriam comprar de você.

Quando os clientes entendem sua marca, o que você representa, o que você entrega para eles e tudo o que sua marca transmite, eles assumem o papel de “embaixadores da marca” de bom grado. Quando seus consumidores-alvo entenderem todas as nuances da sua marca, você atingirá o jackpot da marca. Quando os consumidores se identificam com sua marca, eles se manifestam sobre isso – nas redes sociais ou através do boca a boca, que ainda é um meio poderoso. 

Há algum tempo, entrevistei o presidente da Keds , Chris Lindner, e ele disse que não se referia ao porta-voz da empresa (cantora Taylor Swift) como porta-voz. Em vez disso, ele disse que se refere a ela como uma “embaixadora da marca”. Perguntei por que ele respondeu: “Um embaixador da marca precisa ter uma conexão tangível com a marca”.

Quando os clientes têm essa conexão, eles evangelizam organicamente sua marca; Em essência, eles estão trabalhando para você. Recompense-os, especialmente quando eles não estão esperando por isso. Um desconto ou oferta especial, especialmente se for inesperado, é citado como a principal razão para a fidelidade à marca , de acordo com uma pesquisa Toll Free Forwarding.

Aqui vai uma dica de bônus para você: Toda campanha deve ser pessoalmente autorizada por alguém que realmente entenda a marca antes que algo seja revelado ao público. Nunca deixe o branding ao acaso, porque mesmo pequenos erros podem ter um impacto significativo na sua marca.

Qualquer duvida que você tenha entre em contato com a Empire Digital.

O post 4 etapas para criar uma identidade de marca duradoura apareceu primeiro em EMPIRE DIGITAL.

4 etapas para criar uma identidade de marca duradoura Publicado primeiro em agência de marketing digital em sp

Como dedetizar a casa com animais de estimação

Imagine a situação de baratas correndo pela casa, muitas formigas e até mesmo ratos. Quando o descuido leva a uma falta de controle dessas pragas e os venenos e os aerossóis já não são eficazes, a única forma de combater o problema é através de dedetização.


Os métodos mais comuns de dedetização são sprays, géis, pós e iscas. O pulverizador tende a ser benéfico quando se aplica aos pés e esgotos de casa para combater as baratas e as formigas.

O gel também é amplamente utilizado contra formigas e baratas. O pó é especialmente indicado em ratos, sempre que a habitação não tenha crianças ou animais de estimação.

Apesar de que hoje em dia é menos tóxico do que no passado, a detecção é um risco para os animais de estimação e a sua aplicação requer atenção. Para manter a salvo o animal pequeno, esteja atento às seguintes dicas:

* Tira o animal do local que você vai dedicar para que não sinta curiosidade;

* Se possível, mantenha os animais fora de casa durante 24 horas e limpe todo o piso da casa. O tempo mínimo para mantê-los fora de casa é de seis horas após a detecção, já que este é o tempo médio que leva os produtos em perder grande parte de seu potencial de promoção da saúde;

* Se você planeja usar géis e isca – tais como isca para ratos – para aplicar em locais de difícil acesso, tanto para cães e gatos como para crianças;

* Manter os animais afastados de lugares por onde possam escapar dos insetos venenosos após a competição, como os esgotos. O contato com esses insetos e sua ingestão pode causar danos à saúde do animal;

* Fique atenta ao seu animal e limite o seu movimento após a deditización, já que você pode encontrar um inseto envenenado que saiu do esconderijo. Deve-Se ter mais cuidado com os gatos, já que têm um instinto natural para caçar insetos;

* Encontre qualquer inseto no quintal ou dentro de casa, recójalos imediatamente e limpe o local com água e sabão para eliminar o veneno de resíduos;

* Esteja ciente de qualquer sinal que possa indicar que o seu animal de estimação está intoxicada, como vômitos, diarréia, falta de apetite, salivação humana excessiva, tremores ou convulsões, hemorragias e manchas vermelhas ou roxas na pele e falta de coordenação.

* Diante dos primeiros sinais de envenenamento, levar o animal ao veterinário com urgência.

Entre em contato com a Desentupidora Haytec agora mesmo e solicite um orçamento.

Como dedetizar a casa com animais de estimação Publicado primeiro em Desentupidora em Santos 24 Horas

Como dedetizar a casa com animais de estimação

Imagine a situação de baratas correndo pela casa, muitas formigas e até mesmo ratos. Quando o descuido leva a uma falta de controle dessas pragas e os venenos e os aerossóis já não são eficazes, a única forma de combater o problema é através de dedetização.


Os métodos mais comuns de dedetização são sprays, géis, pós e iscas. O pulverizador tende a ser benéfico quando se aplica aos pés e esgotos de casa para combater as baratas e as formigas.

O gel também é amplamente utilizado contra formigas e baratas. O pó é especialmente indicado em ratos, sempre que a habitação não tenha crianças ou animais de estimação.

Apesar de que hoje em dia é menos tóxico do que no passado, a detecção é um risco para os animais de estimação e a sua aplicação requer atenção. Para manter a salvo o animal pequeno, esteja atento às seguintes dicas:

* Tira o animal do local que você vai dedicar para que não sinta curiosidade;

* Se possível, mantenha os animais fora de casa durante 24 horas e limpe todo o piso da casa. O tempo mínimo para mantê-los fora de casa é de seis horas após a detecção, já que este é o tempo médio que leva os produtos em perder grande parte de seu potencial de promoção da saúde;

* Se você planeja usar géis e isca – tais como isca para ratos – para aplicar em locais de difícil acesso, tanto para cães e gatos como para crianças;

* Manter os animais afastados de lugares por onde possam escapar dos insetos venenosos após a competição, como os esgotos. O contato com esses insetos e sua ingestão pode causar danos à saúde do animal;

* Fique atenta ao seu animal e limite o seu movimento após a deditización, já que você pode encontrar um inseto envenenado que saiu do esconderijo. Deve-Se ter mais cuidado com os gatos, já que têm um instinto natural para caçar insetos;

* Encontre qualquer inseto no quintal ou dentro de casa, recójalos imediatamente e limpe o local com água e sabão para eliminar o veneno de resíduos;

* Esteja ciente de qualquer sinal que possa indicar que o seu animal de estimação está intoxicada, como vômitos, diarréia, falta de apetite, salivação humana excessiva, tremores ou convulsões, hemorragias e manchas vermelhas ou roxas na pele e falta de coordenação.

* Diante dos primeiros sinais de envenenamento, levar o animal ao veterinário com urgência.

Entre em contato com a Desentupidora Haytec agora mesmo e solicite um orçamento.

Como dedetizar a casa com animais de estimação Publicado primeiro em Desentupidora em Santos 24 Horas

Como dedetizar a casa com animais de estimação

Imagine a situação de baratas correndo pela casa, muitas formigas e até mesmo ratos. Quando o descuido leva a uma falta de controle dessas pragas e os venenos e os aerossóis já não são eficazes, a única forma de combater o problema é através de dedetização.


Os métodos mais comuns de dedetização são sprays, géis, pós e iscas. O pulverizador tende a ser benéfico quando se aplica aos pés e esgotos de casa para combater as baratas e as formigas.

O gel também é amplamente utilizado contra formigas e baratas. O pó é especialmente indicado em ratos, sempre que a habitação não tenha crianças ou animais de estimação.

Apesar de que hoje em dia é menos tóxico do que no passado, a detecção é um risco para os animais de estimação e a sua aplicação requer atenção. Para manter a salvo o animal pequeno, esteja atento às seguintes dicas:

* Tira o animal do local que você vai dedicar para que não sinta curiosidade;

* Se possível, mantenha os animais fora de casa durante 24 horas e limpe todo o piso da casa. O tempo mínimo para mantê-los fora de casa é de seis horas após a detecção, já que este é o tempo médio que leva os produtos em perder grande parte de seu potencial de promoção da saúde;

* Se você planeja usar géis e isca – tais como isca para ratos – para aplicar em locais de difícil acesso, tanto para cães e gatos como para crianças;

* Manter os animais afastados de lugares por onde possam escapar dos insetos venenosos após a competição, como os esgotos. O contato com esses insetos e sua ingestão pode causar danos à saúde do animal;

* Fique atenta ao seu animal e limite o seu movimento após a deditización, já que você pode encontrar um inseto envenenado que saiu do esconderijo. Deve-Se ter mais cuidado com os gatos, já que têm um instinto natural para caçar insetos;

* Encontre qualquer inseto no quintal ou dentro de casa, recójalos imediatamente e limpe o local com água e sabão para eliminar o veneno de resíduos;

* Esteja ciente de qualquer sinal que possa indicar que o seu animal de estimação está intoxicada, como vômitos, diarréia, falta de apetite, salivação humana excessiva, tremores ou convulsões, hemorragias e manchas vermelhas ou roxas na pele e falta de coordenação.

* Diante dos primeiros sinais de envenenamento, levar o animal ao veterinário com urgência.

Entre em contato com a Desentupidora Haytec agora mesmo e solicite um orçamento.

Como dedetizar a casa com animais de estimação Publicado primeiro em https://pedreirovitorpinto.home.blog/